"Presença como ar que respiro,
Saudável companhia do calor seu
Amarga a distância que nos separa,
Impossível um aceno, um adeus..."
|Enrico Souza|

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010